Fale conosco pelo WhatsApp

Tireoide e metabolismo: entenda essa relação

Médico sorrindo com um gráfico apontando avanço.
10/06/2022

Saiba o que é e qual a função da tireoide, os problemas mais comuns que podem afetar essa glândula e como ela impacta o metabolismo

A tireoide é uma glândula localizada no pescoço e com o formato semelhante à uma borboleta. Ela é responsável pela produção e secreção de dois hormônios essenciais a vida: o tri-iodotironina (T3) e o tiroxina (T4), os quais regulam a função de praticamente todos os órgãos do corpo humano.

Os hormônios tireoidianos são essenciais para o crescimento e desenvolvimento das crianças, tendo um papel fundamental no desenvolvimento do cérebro durante o período dentro do útero da mãe e no primeiro ano de vida. Também desempenham funções no controle de peso corporal, na memória, na regulação dos ciclos menstruais, no humor, no tecido musculoesquelético e na fertilidade.

Quando a tireoide não funciona adequadamente, a glândula pode liberar hormônios em quantidade insuficiente, causando o hipotireoidismo, ou, ao contrário, liberar em excesso, o que leva a uma condição chamada de hipertireoidismo. Outras doenças relacionadas à tireoide são o bócio, o câncer de tireoide e os nódulos na tireoide, que, na sua maioria, costumam ser benignos.

Qual a relação entre tireoide e metabolismo?

Metabolismo pode ser resumidamente definido como um conjunto de reações que mantém as funções vitais do nosso corpo. A tireoide regula o metabolismo, tendo um papel importante na oxidação de gordura e na regulação da captação de glicose pelas células. Os hormônios tireoidianos estão envolvidos nos processos de reconstrução e manutenção de massa muscular e na fisiologia do tecido de gordura.

No hipotireoidismo, quando a glândula passa a produzir uma quantidade insuficiente de hormônios, há um decréscimo no metabolismo, ou seja, o corpo gasta menos energia para manter suas funções habituais. A relação entre tireoide e metabolismo pode ser observada no hipotireoidismo, por exemplo, pelo ganho de peso e pela maior dificuldade em ganhar massa muscular. Uma parte do ganho de peso no paciente com hipotireoidismo pode ser atribuído a uma maior retenção de líquido e não apenas ao acúmulo de gordura.

Vale esclarecer que a dificuldade de perder peso em pessoas com obesidade, na maioria das vezes, não tem relação com problemas de tireoide.

Outros sintomas do hipotireoidismo são:

  • Cansaço frequente;
  • Ressecamento da pele;
  • Unhas e cabelos quebradiços;
  • Sonolência;
  • Dores musculares e nas articulações;
  • Falha de memória;
  • Intestino preso.

Quando a tireoide passa a produzir uma quantidade excessiva de hormônios, temos o hipertireoidismo, uma condição em que alguns processos do organismo, como a produção de energia, são acelerados. Nesse caso, a relação entre tireoide e metabolismo é vista na perda de peso sem motivo aparente e em sintomas como:

  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Suor excessivo;
  • Diarreia;
  • Palpitação;
  • Agitação;
  • Nervosismo.

Tireoide e metabolismo: como manter essa relação equilibrada?

O tratamento do hipotireoidismo é a reposição dos hormônios que a glândula não consegue produzir em quantidade suficiente. Eles devem ser tomados por toda a vida.

Já o tratamento do hipertireoidismo inclui o uso de medicamentos, iodo radioativo e cirurgia, dependendo do caso.

A reposição dos hormônios tireoidianos T3 e T4 não deve ser feita com o objetivo de perda de peso. A prescrição só deve ser realizada em pacientes com hipotireoidismo confirmado. A normalização dos hormônios tireoidianos e consequentemente do metabolismo resulta em melhora de sintomas e perda de peso.

No caso de pessoas com sobrepeso ou obesidade que encontram dificuldade para emagrecer, o ideal é procurar um médico especialista para uma avaliação global que inclui exames adequados e história clínica detalhada para o entendimento de rotina de alimentação, sono e atividade física, históricos pessoais e familiares. A relação entre tireoide e metabolismo é bem conhecida e precisa ser avaliada nos exames solicitados pelo médico. Porém, o metabolismo também tem relação com uma série de outros fatores que precisam ser ajustados para garantir sucesso no tratamento!

Agenda uma consulta com a Dra. Milena Miguita para receber informações confiáveis sobre o tratamento de condições associadas à tireoide e metabolismohttps://milenamiguita.com.br/agendar-consulta/.

Fontes:

Manual MSD

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

Dra. Milena Miguita